Bandeira da Nação Missioneira começa a ser utilizada no MERCOSUL

A Bandeira da Nação Missioneira será utilizada pelas comunidades dos 30 Povos das Missões do Rio Grande do Sul, situadas na Região das Missões do Brasil; Missiones e Corrientes, situadas na Argentina; Itapú e Missiones, no Paraguai.

Este ano é o sexto da criação da Nação Missioneira ocorrida em 29 de dezembro de 2012.

Bandeira da Nação Missioneira

Foi elaborada na cor avermelhada para lembrar a terra ensangüentada pelo sangue do povo missioneiro ocorrido nas guerras que aqui sucederam. No centro dela está a Cruz Missioneira, na cor dourada para referendar a lembrança do Cristo ressuscitado.

No dia 29 de dezembro de 2013 ocorreu o evento de instituição do símbolo da Nação Missioneira. Esta data foi escolhida por se tratar do dia da comemoração dos 404 anos das Missões em San Ignácio Guazú, primeira Redução Jesuítico-Guarani, fundada nessa data em 1609. Deste modo, mais de um milhão de Missioneiros, distribuídos nos três países, têm um símbolo comum que é a Bandeira da Nação Missioneira. Sua criação foi inspirada no período da Guerra Guaranítica, ocorrida entre 1754 e 1756.

Bandeira da Nação Missioneira
Bandeira da Nação Missioneira

Nação Missioneira

A ideia de Nação Missioneira acena para o pertencimento de uma cultura e origem comum étnica, histórica e de sentimentos de amor à identidade, portanto não deverá ser confundida com a ideia e referência a um novo país. Uma das características essenciais de Nação é que não necessita de um território próprio e nem governo soberano, é essencial um coletivo de pessoas com origem e destino comum, unidos por uma história.

Visitando o território dos 30 Povos Missioneiros é possível verificar a mesma origem, traços comuns do modo de ser e vontade de resgatar e preservar uma história que se estende até à atualidade. Basta que se recorde os 160 anos da Província Jesuítica dos Guaranis, momento histórico entre 1609 e 1768 quando foi vivida uma das mais belas experiências da humanidade, citada expoentes da História e da Filosofia. Voltaire denominou de “Triunfo da Humanidade”, Montesquieu como “Primeiro Estado Industrial da América”. Charlevoix e Muratori como “um modelo sem precedentes de sociedade cristã”.

Bandeira começa a ser utilizada em todo Mercosul Missioneiro
Bandeira começa a ser utilizada em todo Mercosul Missioneiro

Orgulho de ser Missioneiro

A bandeira que começa aparecer em cada município da macrorregião missioneira do MERCOSUL está constituindo o “Orgulho de ser Missioneiro” por recordar a irmandade com os missioneiros do outro lado do rio Uruguai e do rio Paraná, ou seja, com brasileiros, argentinos e paraguaios. Que a bandeira missioneira ajude a ultrapassar o pensamento que a história mais recente construiu: a visão de povos inimigos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here