Companhias aéreas e aeroportos juntos no combate ao tráfico de pessoas

Por Notícia de Viagem

Em apoio ao Dia Mundial das Nações Unidas Contra o Tráfico de Pessoas, o Conselho Internacional de Aeroportos (ACI – Airports Council International) e a Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA – International Air Transport Association) enfatizaram seu compromisso e trabalho conjunto para ajudar a combater o tráfico de pessoas. A aviação conecta o mundo, transportando mais de quatro bilhões de passageiros por ano, mas essa rede global também é usada de forma negativa por traficantes para transportar pessoas contra a sua vontade.

Tráfico de pessoas em pauta

As companhias aéreas e os aeroportos estão determinados a ajudar as autoridades, informando casos suspeitos de tráfico de pessoas, e dificultar a exploração da rede de transporte aéreo global para fins de comércio mal-intencionado, que afeta cerca de 25 milhões de pessoas por ano. O setor está comprometido a aumentar a conscientização, ajudando a treinar suas equipes no reconhecimento de sinais de tráfico de pessoas e implementando protocolos de denúncia para alertar as autoridades competentes.

 IATA contra o tráfico de pessoas

Campanha contra tráfico de pessoas

Miséria para milhões de pessoas

“O tráfico de pessoas cria miséria para milhões e ajuda a financiar gangues criminosas e o terrorismo. A aviação é o negócio da liberdade. E estamos agindo para ajudar as autoridades a garantir que a nossa rede global não seja explorada para fins mal-intencionados. Estamos com nossos olhos abertos e trabalhamos com governos e autoridades para impedir o tráfico de pessoas. Por meio de uma campanha coletiva com nossos colegas nos aeroportos, esperamos mobilizar ainda mais a indústria da aviação na luta contra esse comércio detestável que afeta a vida das pessoas”, disse Alexandre de Juniac, Diretor Geral e CEO da IATA.

Ações da ACI e IATA

Para marcar o Dia Mundial das Nações Unidas Contra o Tráfico de Pessoas (30 de julho), a ACI e a IATA convidaram as equipes de companhias aéreas, aeroportos, colegas e parceiros do setor a reforçar o compromisso da aviação com o combate ao tráfico por meio das seguintes ações:

  • Adicionar um tema na foto de perfil no Facebook que diz “I have my eyes open on human trafficking” (Estou atento ao tráfico humano).
  • Compartilhar os recursos disponíveis aos funcionários de companhias aéreas e aeroportos, como as diretrizes e treinamentos disponíveis em www.iata.org/human-trafficking e www.aci.aero/humantrafficking.
  • Veja mais detalhes sobre o Dia Mundial das Nações Unidas Contra o Tráfico de Pessoas (30 de julho) em http://www.un.org/en/events/humantrafficking/index.shtml.
  • Veja os comentários em vídeo da IATA, Angela Gittens e de CEOs de companhias aéreas, filmado na Assembleia Geral Anual da IATA em junho de 2018.

Leia também

Deixe um Comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Ao continuar utilizando o site, suponho que está tudo bem para você, AceitarLeia Mais

Politica de Privacidade e Cookies